Rádio Trianon 740 AM

Fraude no combustível: governo de SP realiza nova força-tarefa de fiscalização em 5 postos da capital

Operação desta quinta-feira (23) verifica suspeita de fraudes e irregularidades em postos da cidade de São Paulo. Ao menos um deles já foi autuado pelo Secretaria de Segurança Pública, Instituto de Pesos e Medidas (Ipem-SP).


Posto fiscalizado na Bela Vista, Centro de SP, na manhã desta quinta (23) — Foto: Divulgação/Ascom/SJC-SP

Posto fiscalizado na Bela Vista, Centro de SP, na manhã desta quinta (23) — Foto: Divulgação/Ascom/SJC-SP

O Governo de São Paulo realiza nesta quinta-feira (23) uma nova fase da Operação Combustível Limpo para fiscalizar fraudes e irregularidades em cinco postos da capital paulista.

Além da qualidade, a força-tarefa, composta pela Secretaria de Justiça e Cidadania, Secretaria de Segurança Pública, Instituto de Pesos e Medidas (Ipem-SP) e Procon-SP, também está verificando o preço dos combustíveis – se a mudança nas regras do ICMS alterou o valor nas bombas e, consequentemente, no bolso dos consumidores.

Força-tarefa realizada em posto na Bela Vista, no centro de SP, nesta quinta (23) — Foto: Divulgação/Ascom/SJC-SP

Força-tarefa realizada em posto na Bela Vista, no centro de SP, nesta quinta (23) — Foto: Divulgação/Ascom/SJC-SP

De acordo com o secretário estadual de Justiça, Fernando José da Costa, por volta das 8h30 a operação já havia fiscalizado um posto na Bela Vista, região central de São Paulo. No estabelecimento foram encontradas diversas irregularidades, como a licença de funcionamento que estava suspensa.

Devido à falta de licença para operar, a procedência do combustível adquirido pelo local foi qualificada como duvidosa. O Ipem comprovou a qualidade ilícita do material, que era composto por 70% de álcool, quando o percentual permitido é de 27.

Além disso, foi encontrado um tanque clandestino com água, líquido que também estaria sendo misturado no combustível. Segundo o secretário, um frentista que trabalha no estabelecimento confessou as adulterações.

Fiscalização durante nova fase da Operação Combustível Limpo, nesta quinta (23) — Foto: Divulgação/Ascom/SJC-SP

Fiscalização durante nova fase da Operação Combustível Limpo, nesta quinta (23) — Foto: Divulgação/Ascom/SJC-SP

A força-tarefa encontrou as bombas com lacre de proteção rompido, prática que permite fraude na quantidade de combustível vendido. Na prática, o consumidor estaria pagando por uma quantidade maior do que realmente estaria recebendo.

No celular do responsável pelo posto foram encontradas mensagens com possíveis alertas sobre a operação, recomendando que ele fechasse o estabelecimento na manhã desta quinta e escondesse alguns equipamentos.

O local foi autuado pelo Ipem-SP e a Secretaria de Segurança Pública vai instaurar um inquérito policial para investigar os crimes praticados no posto.

Fonte: G1

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.