Rádio Trianon 740 AM

Abel reclama de jogo parado e diz que o Palmeiras merecia vencer: “Ninguém controla resultado”

Técnico diz que árbitro não deixou o jogo correr nem coibiu os jogadores do Fluminense, que segundo ele caíam para ganhar tempo. Lance do gol de empate vai gerar papo com grupo


Veja a entrevista de Abel Ferreira, técnico do Palmeiras, após o empate com o Fortaleza

Abel Ferreira gostou do desempenho do Palmeiras no empate em 1 a 1 com o Fluminense, neste domingo, no Allianz Parque. Para o português, a equipe criou o suficiente para terminar o jogo da quinta rodada do Brasileirão com a vitória.

– Fizemos um bom jogo na minha opinião, com intensidade. Não queríamos que o jogo tivesse paragem, mas alguém deixou. A culpa não é do adversário, é do árbitro que deixa. Contra um time de bloco baixo tivemos 21 arremates, boas chances de gols, e o adversário jogando na transição – analisou.

Abel Ferreira em Palmeiras x Fluminense — Foto: Marcos Ribolli

Abel Ferreira em Palmeiras x Fluminense — Foto: Marcos Ribolli

– Chegamos ao gol com toda a justiça, e depois quando olhamos (o empate), e falei com os jogadores, tem pormenores que precisamos melhorar, mas é futebol. Ninguém controla resultado, mas hoje deveríamos, por tudo que fizemos, ganhar o jogo. Futebol nem sempre tem justiça, hoje pelo que produzimos, mesmo contra uma equipe muito baixa, poderíamos sair daqui com outro resultado.

As reclamações de Abel ficaram pelos erros do Verdão no gol de Cano e o tanto que o jogo foi parado pelo árbitro Savio Pereira Sampaio. Segundo o técnico, o juiz não coibiu o antijogo que o Fluminense fez quando atletas caíam para ganhar tempo.

– No geral acho que foi uma boa arbitragem, tirando a dualidade de critério nas faltas, que não achei justo, e deixar o adversário cair. A culpa não é do adversário, o adversário faz o dele. O problema é quem deixa isto acontecer. É muito fácil. Chega no fim, deu 6 minutos de descontos. No mínimo tinha de dar o dobro – contestou.00:00/00:00

Melhores momentos: Palmeiras 1 x 1 Fluminense, pela 5ª rodada do Brasileirão 2022

– É só uma opinião e falo sempre de maneira construtiva porque podem melhorar neste aspecto. Se os árbitros jogarem tanto como nós, viajarem tanto quanto nós, talvez precisem de rodízio. Quando a CBF der o passo na profissionalização dos árbitros, serão melhores tecnicamente, com a ajuda do VAR, que vai nos ajudar sempre muito. Há margem para melhorar neste aspecto – completou.

Com o empate em casa, o Verdão segue longe das primeiras posições do Brasileiro, com seis pontos em cinco rodadas. O time está apenas na 13ª colocação neste início de campeonato.

O Verdão agora volta as atenções para a disputa da Copa do Brasil e na quarta-feira visita a Juazeirense, às 19h (de Brasília), no estádio do Café, em Londrina (PR). Depois de vencer por 2 a 1 na ida, o Palmeiras se classifica com um empate.00:00/00:00

“Não foi um ponto bom pro Palmeiras”, lamenta Bocca | A Voz da Torcida

Fonte: Ge

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.