Rádio Trianon 740 AM

Ceni transfere responsabilidade de priorizar Copa do Brasil para diretoria do São Paulo

“O que a direção topar, vamos lá”, afirmou o treinador, que não espera contar com retorno de atletas para quinta-feira; derrota de virada para o Palmeiras no Brasileirão abalou o grupo


00:00/19:10

Veja a entrevista de Rogério Ceni, do São Paulo, após derrota de virada para o Palmeiras

Depois do duro golpe sofrido na última segunda-feira, com a derrota de virada por 2 a 1 para o Palmeiras, nos acréscimos, pelo Brasileirão, o São Paulo terá apenas dois dias de preparação antes de encarar novamente o rival no Morumbi, mas agora pela Copa do Brasil.

Com problemas de desfalques, a diretoria terá um papel fundamental na escalação, segundo Ceni.

Em entrevista concedida depois do revés dentro de casa, Rogério Ceni colocou a direção na conversa sobre qual equipe utilizar na abertura do duelo pelas oitavas da Copa do Brasil. O confronto está marcado para as 20h (de Brasília), novamente no Morumbi.

– O grupo todo estava aqui hoje. Ninguém ficou fora dos jogadores de linha e não tem ninguém para voltar. Quer arriscar tudo na quinta (na Copa do Brasil)? Vamos arriscar. Podemos perder alguém por lesão? Podemos. Mas aí estaríamos cansados contra o Juventude (pelo Brasileirão). Temos que fazer escolhas. O que a direção topar, vamos lá – destacou.

+ Quer transformar seu conhecimento sobre o futebol em prêmios em dinheiro a cada rodada do Brasileirão? Acesse o Cartola Express!

– Se tiver que colocar tudo de novo, vamos colocar tudo de novo, pois é clássico, jogo grande. Já temos pendurados para o jogo com o Juventude. Vamos ver amanhã. Na quarta-feira, a gente vê o que é possível fazer para quinta-feira – acrescentou Ceni.

Rogério Ceni comanda o São Paulo em novo clássico contra o Palmeiras — Foto: Marcos Ribolli

Rogério Ceni comanda o São Paulo em novo clássico contra o Palmeiras — Foto: Marcos Ribolli

Mais de uma vez, o treinador disse em entrevistas que tem como prioridade a participação no Campeonato Brasileiro, para tentar levar o São Paulo à Libertadores um ano depois de livrar o time do rebaixamento à Série B.

A Copa do Brasil, contudo, surge como uma competição financeiramente atraente, algo fundamental para uma equipe em crise financeira. A dívida do clube está em aproximadamente R$ 700 milhões.

A classificação para as quartas de final vale R$ 3,9 milhões a mais de premiação para os clubes. O Tricolor já acumulou R$ 7,6 milhões na competição mata-mata, mas chega com problemas de desfalque na abertura do duelo com o Palmeiras.

00:00/05:00

Melhores momentos: São Paulo 1 x 2 Palmeiras, pela 13ª rodada do Brasileirão 2022

– Se tivéssemos todos os jogadores à disposição, teríamos uma rotação boa e com chances de mudar. Hoje temos poucas opções. Temos oito caras no departamento médico, que infelizmente sofreram lesões mais graves que o normal em sequência, de tornozelo, que é difícil de recuperar – disse Ceni, que aguarda direcionamento para a semana.

– Não depende só de mim (sobre priorizar o Brasileirão), pode ter certeza – encerrou o treinador.

Fonte: Ge

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.