Rádio Trianon 740 AM

Estado de SP investiga sete casos suspeitos de hepatite grave em crianças de causa desconhecida

Organização Mundial da Saúde diz que os primeiros casos dessa hepatite misteriosa apareceram no começo de abril na Grã-Bretanha. No mundo, já são quase 230 relatos de casos da doença.


Cientistas investigam casos suspeitos de hepatite grave em crianças, com causa desconhecida

Cientistas investigam casos suspeitos de hepatite grave em crianças, com causa desconhecida

O Centro de Vigilância Epidemiológica (CVE) de São Paulo informou nesta terça-feira (10) que investiga sete casos suspeitos de hepatite grave em crianças no estado, provocados por agente desconhecido.

A doença atinge pacientes com menos de 16 anos, que apresentam sintomas semelhantes aos da doença hepática – como icterícia, diarreia, vômitos e dores abdominais -, porém, sem a presença do vírus.

Os casos foram identificados nos municípios de São Paulo, São José dos Campos e Fernandópolis, no interior. Segundo a Secretaria Estadual da Saúde, dois dos pacientes estão internados e os demais evoluem bem.

A pasta afirmou ainda que monitora os pacientes e aguarda a conclusão dos exames diagnósticos e de toda a investigação epidemiológica, e que é precipitado a confirmar a doença no estado.https://16d44234f8cd3b66d937e9849068f1df.safeframe.googlesyndication.com/safeframe/1-0-38/html/container.html

Os vírus conhecidos que provocam a hepatite são A, B, C, D e E. Mas, segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), 20 países já relataram que quase 230 crianças apresentaram hepatite grave sem nenhuma relação com esses vírus. A causa é desconhecida.

Os primeiros casos dessa hepatite misteriosa apareceram no começo de abril na Grã-Bretanha.https://g1.globo.com/saude/stories/2022/05/09/hepatite-grave-em-criancas-o-que-se-sabe-ate-agora.ghtml

Fonte: G1

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.