Jovem é preso acusado de estuprar e manter a ex em cárcere privado

Durante uma semana, vítima foi agredida e abusada pelo suspeito, na casa onde morava no Jardim Robru, na zona leste de SP

Um homem de 23 anos foi preso em flagrante acusado de estuprar e manter em cárcere privado a ex-companheira, da mesma idade. O suspeito mantinha a mulher há mais de uma semana presa na residência.

A prisão aconteceu na rua Gerônimo Barbosa da Silva, no Jardim Robru, zona leste de São Paulo, na madrugada desta segunda-feira (18).

De acordo com informações da Record TV, o suspeito já havia sido preso anteriormente por envolvimento com o tráfico de drogas.

A vítima, que tem dois filhos com o acusado, foi até a casa dele para falar sobre o fim do relacionamento, mas ele não aceitou. A mãe do suspeito, que também mora no mesmo imóvel, sabia que o filho mantinha a ex-companheira em cárcere privado.

Durante uma semana, a mulher foi agredida fisicamente e estuprada pelo ex. Em um momento de distração do suspeito, a vítima conseguiu pegar um telefone celular e comunicar a polícia.

Uma equipe da PM chegou ao endereço e encontrou o homem na calçada. Os agentes perguntaram pela vítima, que foi chamada pelo ex-companheiro. Logo que saiu do imóvel, ela avisou aos policiais que era mantida em cárcere.

O suspeito foi detido em flagrante e conduzido à delegacia, onde foi autuado com base na Lei Maria da Penha e poderá responder também por estupro e cárcere privado.

Esta não foi a primeira vez que a vítima foi agredida pelo ex. Porém ela não havia formalizado a denúncia.

O caso foi registrado na 7ª DDM (Delegacia de Defesa da Mulher), em Itaquera.

Fonte: R7

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *