Implosões de obra de piscinão na Zona Leste de SP arremessam pedras na vizinhança


Moradores da zona leste dizem que pedras são arremessadas de obras do piscinão

Moradores da zona leste dizem que pedras são arremessadas de obras do piscinão

Implosões durante uma obra de um piscinão Avenida Aricanduva com a Avenida Mazaroppi, na Zona Leste de São Paulo, estão arremessando pedras e atingindo vizinhos. Os moradores estão assustados e pedem que os responsáveis avisem os dias das implosões para se afastarem da região.

A obra do piscinão usa um gás para quebrar pedras no terreno em pedaços pequenos.

O piscinão começou a ser construído há cerca de dois anos, mas as pedras arremessadas nas últimas semanas chegaram a quebrar uma parede revestida de granito, que pode ter amenizado o impacto em um carro estacionado ao lado.

Os moradores gravaram vídeos para mostrar o impacto das pedras no último dia 1º. A Polícia Militar foi acionada e um boletim de ocorrência foi registrado. Ninguém se feriu.

“Faz um barulho e treme tudo. Nesse dia não tremeu, mas foi um barulho alto. Muito alto. Mas toda vez faz um barulho, tem a fumaça e treme tudo o chão… bum!”, disse Cláudio, funileiro vizinho à obra.

Na oficina dele é possível ver estragos no muro, em cima da porta e dentro da parede. Um armário até caiu.

Em maio, o Bom Dia São Paulo mostrou que pelo menos oito moradores acusavam a obra de ter provocado rachaduras em imóveis da região. Na época, a Prefeitura alegou que a obra não causava movimentação de solo e disse que ia mandar operários para avaliar e fazer reparos. Mas, segundo os moradores, isso não aconteceu.

A Prefeitura diz que a Secretaria Municipal de Infraestrutura Urbana já entrou em contato com o dono do carro e do imóvel atingidos pela maior pedra. A Administração municipal disse ainda que vai ressarcir qualquer morador que tenha tido prejuízos causados pelas obras. A Subprefeitura de Aricanduva e a Defesa Civil farão uma nova vistoria no local esta semana.

Sobre o perigo das pedras arremessadas, a Prefeitura disse que, como o uso desse gás na obra não é uma explosão, não é preciso isolar a área além do canteiro de obras ou usar sirenes para avisar as pessoas.

A previsão é a de que esse piscinão entre em operação ainda este ano.

Fonte: G1

One thought on “Implosões de obra de piscinão na Zona Leste de SP arremessam pedras na vizinhança

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

PHP Code Snippets Powered By : XYZScripts.com