Cancelado devido à Covid-19, Carnaval em SP tem festas clandestinas com mais de mil pessoas

Contrariando restrições, ‘promoters’ afirmam que eventos ilegais devem acontecer do Morumbi ao Tatuapé até a Quarta-Feira de Cinzas e que não há chances de a polícia interromper a festa

Lembrado pelas festas, músicas e aglomerações, o mês de fevereiro será diferente em 2021. Devido à pandemia do novo coronavírus, o carnaval foi cancelado ou adiado em diversos estados do país, inclusive em São Paulo. A suspensão definitiva da comemoração na capital ocorreu nesta sexta-feira, 12, através de um comunicado do prefeito Bruno Covas (PSDB). Além disso, no fim de janeiro, as gestões municipal e estadual anunciaram o cancelamento do ponto facultativo de Carnaval. No entanto, apesar dos esforços políticos, parte dos foliões decidiu não abrir mão das comemorações, frequentando festas organizadas clandestinamente enquanto dispara o número de casos e internações causadas pela Covid-19 no estado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

LIVE OFFLINE
track image
Loading...