Homem é preso por matar a mãe e esconder corpo em barril em SP

Crime aconteceu no dia 12 de janeiro, no Jardim Ângela, na zona sul de São Paulo, e corpo foi encontrado dois dias depois

A polícia prendeu na última segunda-feira (22) um homem de 27 anos, suspeito de ter matado a própria mãe a facadas e deixado o corpo em um barril, no Jardim Ângela, zona sul de São Paulo, no dia 12 de janeiro deste ano.

Segundo informações da Record TV, o homem confessou que matou a mãe com quatro facadas e socos, após uma discussão. Ele ainda disse para polícia que ambos não se davam bem.

O suspeito contou que matou a mulher no dia 12, deixou o corpo embaixo da cama por dois dias e depois jogou em um tambor, que ficou abandonado em uma via pública. O corpo foi encontrado no dia 14 de janeiro, por volta das 8h.

Quando foi encontrado, o corpo estava sem identificação. Ainda de acordo com a apuração, após o desaparecimento da mulher, uma prima fez um boletim de ocorrência de desaparecimento. O rapaz falou para família que havia internado a mãe.

Ele foi chamado pela polícia para prestar esclarecimentos e apresentar os papéis da internação. Nesta terça-feira (23), o suspeito compareceu na delegacia com um advogado e acabou confessando o crime.

O homem foi levado ao DHPP (Departamento de Homicídios e de Proteção à Pessoa). A polícia representou pela decretação da prisão temporária de 30 dias para o autor, que foi deferida pela Justiça.

Fonte: R7

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

LIVE OFFLINE
track image
Loading...