Golpistas fazem ao menos 50 vítimas utilizando dados de loja da Zona Norte de SP para vendas falsas de celulares na internet


Golpistas estão usando o CNPJ de um empresário, em compras de celulares novos

Golpistas estão usando o CNPJ de um empresário, em compras de celulares novos

Golpistas estão utilizando dados de um empresário da Zona Norte de São Paulo para enganar consumidores e realizar vendas falsas na internet. Ao menos 50 pessoas já foram vítimas da prática.

O Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica (CNPJ) da loja de Rafael Chiarelli, empresário no ramo de eletroportáteis, tem sido utilizado em anúncios enganosos de venda de celulares.

Segundo Safira Andrade, uma das vítimas do golpe, os criminosos divulgam na internet o anúncio da venda de smartphones, se passando por uma loja. Ao entrar contato por aplicativo de mensagem para demonstrar interesse na compra, a moça recebeu a informação de que poderia parcelar o aparelho escolhido em até 11 vezes, mas que teria de realizar um depósito inicial via PIX, ferramenta do Banco Central de transferência monetária realizada de forma quase imediata.

Para fazer um PIX é preciso informar uma chave de acesso que identifica a conta do destinatário. Neste caso, os golpistas forneceram um CPF (Cadastro de Pessoa Física) para a realização do depósito e deram o prazo de dois dias úteis para que Safira recebesse o celular novo.

Após alguns minutos da realização do PIX, a moça foi bloqueada pelos criminosos e ficou apenas com o prejuízo financeiro. “Aí eu comecei a pesquisar sobre essa loja e nisso eu achei o dono verdadeiro da empresa que estava sendo clonada por essas pessoas que me passaram o golpe, que é o Rafael”, contou Safira.

O empresário de São Paulo só descobriu que os dados de sua loja estavam envolvidos em um esquema de golpes após diversas pessoas procurarem sua loja para fazer a retirada dos aparelhos supostamente adquiridos.

“Começou a aparecer há uns 3 meses pessoas vindo retirar seus celulares, que são produtos com os quais a gente não trabalha. Aí a pessoa apresentava um comprovante de depósito, que era uma entrada, um sinal, referente aos celulares e o comprovante era no CPF, não no CNPJ”, relatou Rafael Chiarelli.

Após estranhar a frequência com a qual o episódio estava se repetindo, o empresário fez um Boletim de Ocorrência (B.O.) e teve acesso à íntegra de uma conversa entre uma das vítimas e os golpistas, percebendo que o CNPJ de sua loja estava sendo utilizado para garantir credibilidade às vendas realizadas pelos criminosos.

O músico Flávio de Oliveira também tinha interesse em um dos aparelhos que estavam sendo ofertados, mas soube agir com cautela e não caiu no golpe. “Eu fui lá né. Falei ‘eu já vejo o aparelho e, se for do jeito que você está falando mesmo, eu já faço o PIX na hora e a gente resolve’, mas era uma loja que não tinha nada a ver com celular, era uma clínica que vendia aparelho auditivo”, disse o músico.

Como evitar cair em golpes

De acordo com Patrícia Peck Pinheiro, presidente da Comissão de Privacidade e Proteção de Dados da OAB-SP (Ordem dos Advogados do Brasil em São Paulo), golpes como este se enquadram no Art. 171 do Código Penal, como estelionato. Para ela, o que deveria ter chamado mais a atenção do consumidor neste esquema da venda de celulares é o fornecimento de um CPF para a realização do depósito, ao invés de um CNPJ.

“O golpista da internet é um oportunista. Então, ele se aproveita da distração, da falta de atenção ou dessa ansiedade e pressa do consumidor de ver uma oportunidade de algo baratinho e já querer comprar logo”, afirmou Patrícia.

A presidente da Comissão dá algumas dicas de atitudes que podem ajudar a evitar armadilhas na hora de realizar compras no ambiente virtual.

  • Não compre itens sem nota fiscal;
  • Não compre por impulso – pesquise sobre a loja, os produtos que vende e a qualidade de seu atendimento;
  • Pesquise o CNPJ da empresa e confira se a informação encontrada confere com a que você tem;
  • Procure o site oficial da loja e tente entrar em contato para obter mais informações sobre o processo de compra e o produto que está sendo ofertado.

Fonte: G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

LIVE OFFLINE
Loading...
PHP Code Snippets Powered By : XYZScripts.com